FIT

Como? Treino?

Esta rubrica pretende incidir sobre a nossa motivação para fazer exercício e manter uma alimentação saudável e fornecer dicas práticas para manter os bons hábitos, apesar da rotina social, familiar e, claro, da (sempre presente) preguiça.

ANDRÉ SANTO
Director Técnico e Personal Trainer do Ginásio Fit & Fun

andrefsanto@gmail.com

Todos queremos ser/estar saudáveis. Mais do que isso, sentimos que essa saúde ou aparência está intimamente relacionada com o facto de nos sentirmos felizes e de bem com a vida. Como é que é aquele chavão? Cuida bem do teu corpo, é o único sítio onde vais ter de viver o resto da tua vida. Ora bem, para isso já sabemos que temos de nos mexer (fazendo algum tipo de exercício físico) e de ter cuidado com a alimentação, é inevitável.

Temos tendência para ver estas duas áreas como ligadas a algum tipo de sacrifício ou “castigo”, o que normalmente nos afasta de uma rotina regular e eficaz. Mas porque é que somos tão exigentes connosco nestas duas áreas e tão sensatos noutras?

Ora vejamos: quando não apanhamos sol há muito tempo, não nos esquecemos dos protectores solares e evitamos as horas de calor. Quando não bebemos álcool há algum tempo (acontece-vos, certo?), sabemos que não devemos começar por beber muito sem comer nem beber muito rápido e de uma vez só.

Mas então, porque é que quando começamos a treinar, pensamos em fazê-lo menos vezes, mas com treinos necessariamente mais longos e (obviamente!) inadequados à nossa condição física?

Mais: porque é que quando começamos uma dieta, porque pensamos em fazer imensos cortes e assumir restrições a “toda a escala”?

Pensem nisto e comecem, comecem já. Mas sejam realistas quanto à vossa aptidão e pensem em mudanças a longo prazo, que sejam eficientes e que privilegiem um aspecto: a vossa felicidade. Gostar de chocolate e fazer exercício físico não deve nem pode ser uma contradição!

O equilíbrio é uma linha que separa os abusos dos momentos de contenção (ou penitência, dependendo do ponto de vista). Optem por mudanças pequenas mas frequentes, se possível diárias:

– Optem por treinos curtos mas mais frequentes e divertidos SEMPRE que possível, pois isto vai mudar a forma como olhamos para a actividade física.

Dica prática: Comecem pelo trabalho cardiovascular ou aulas de 30 minutos adequadas ao vosso objectivo. Peçam ajuda ao instrutor presente. Privilegiem também 2/3 exercícios para os grandes grupos musculares (peito, costas, coxas, abdominais).

– Comam bem, o que às vezes pode ser muito, outras vezes um pouco menos. Abusem quando realmente vos der prazer, mas tenham noção que quando abusaram, devem “passar para baixo da linha do equilíbrio” e compensar esse abuso.

Dica prática: Comecem por um corte “simples” nos refrigerantes por exemplo, reduzam a quantidade de pão ou doces diários. Consultem um nutricionista, no ginásio ou fora dele.

Sejamos felizes, sem abdicar da saúde. Activos sem abdicar do sofá. Saudáveis, sem abdicar do chocolate, POR FAVOR!

One comment

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.