COOLTURA MIÚDOS

O cérebro contado aos mais pequenitos

Um guia para descobrir o cérebro, foi o mais recente desafio a que se propuseram Isabel Minhós Martins, Maria Manuel Pedrosa e Madalena Matoso. Chama-se Cá Dentro (Planeta Tangerina, 2018) e vai ser apresentado dia 22 na Livraria do Convento.

Descomplicar um assunto importante mas complicado, interessante mas complexo, e mais do que escrever sobre ele, ilustrá-lo também. Se o vosso filho ou filhos são curiosos em relação à Ciência e Anatomia, ou estão naquela fase dos “porquês”, vem mesmo a calhar. Mas mesmo para os graúdos simplesmente curiosos, já diz a sabedoria popular que o saber não ocupa lugar. Construído com o apoio de uma equipa de neurocientistas, filósofos e psicólogos, as autoras vão estar na Livraria a explicar como e por que é que aconteceu esta obra, que acompanha a evolução do cérebro desde o primeiro segundo.

Cá Dentro (Planeta Tangerina, 2018)

“Mostra-nos a incrível realidade construída com a ajuda dos sentidos, explica-nos como aprendemos, decidimos ou agimos e também como nos ligamos às outras pessoas, outros cérebros.”

A Planeta Tangerina é uma editora que trabalha sobretudo o formato álbum, onde texto e imagens trabalham em conjunto para criar um resultado único, impossível de alcançar se ambos os códigos (escrito e visual) não caminhassem em harmonia. Tem como leitores não apenas as crianças, mas todos os pais e adultos que gostam de álbuns ilustrados e da sua forma única de contar histórias. A editora nacional ganhou o prémio Revelação nos Prémios LER/Booktailors, em 2009, e venceu o Prémio BOP para Melhor Editora Infantil Europeia, atribuído pela Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, em 2013. Tem livros publicados em Espanha, França, Brasil, Coreia, Estados Unidos, México, Alemanha, Noruega, Coreia, Grécia, Itália ou Polónia.

 

22 ABRIL | 16H45 | LANÇAMENTO DO LIVRO CÁ DENTRO
Livraria do Convento (Convento de São Francisco): Avenida da Guarda Inglesa, Coimbra
Entrada gratuita

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.