COOLTURA

Cinemalogia 8 – Aprender e fazer cinema com marca nacional

Está a decorrer a 8ª edição do Curso de Cinema – Cinemalogia do Festival Caminhos do Cinema Português, um evento que projecta a produção cinematográfica portuguesa e que, durante as últimas três décadas, foi evoluindo e afirmou-se no panorama nacional.

Pegando na ideia de que, actualmente, o documentário assume um papel importante numa sociedade profundamente digitalizada que vive numa era de mudanças tecnossociais aceleradas à escala global, o festival propõe renovar o projecto pedagógico e explorar as fronteiras entre o real e a ficção, entre o cinema documental e o ficcional, isto é o cinema de docuficção.

Além da formação de estudantes, a organização pretende que o curso seja capaz de produzir uma obra fílmica cuja qualidade lhe permita a participação em eventos cinematográficos de relevo, contribuindo para o enriquecimento curricular e profissional dos formandos. Em 160 horas, o curso propõe 12 módulos essenciais para a compreensão do diálogo cinematográfico documental.

Em Março decorreu o Curso de Cinema Documental, e agora é a vez dos módulos de pós-produção e distribuição. Dia 7 de Abril foi a vez do curso de Design de Som, com o fonografista Luís Antero, e nos dias 8, 14 e 15 de Abril o montador Tomás Baltazar ensina Montagem de Som e Imagem. Quem quiser ainda vai a tempo de inscrever-se nas formações de Colour GradingDistribuiçãoPós-Produção de Som.

 

COLOUR GRADING
16 horas
21 – 22 Abril
9h – 18h
80€ estudantes / 120€ público geral
10% desconto para associados e membros UAb
Lotação máxima de 20 formandos

Este workshop é dado pelo colorista Nuno Garcia. Formado em Realização de cinema mas apaixonado por pós-produção, começou a trabalhar como assistente de Telecinema e a auxiliar um colorista senior na colocação dos rolos de película 16mm e 35mm, e acabou a fazer cursos na Rank Cintel e DaVinci com Stuart Black Jones, entre outros, e a fazer trabalhos para todas as produtoras nacionais e estrangeiras de publicidade, cinema, telefilmes, clipes de musica. Neste curso, aponta para ensinar a compreender as metodologias da correcção de cor e aplicar os conhecimento no projecto cinematográfico desenvolvido, debruçando-se sobre o documentário. Só é preciso ter um computador com o programa Davinci Resolve instalado e um disco duro de grande capacidade.

Departamento de Engenharia Informática, Pólo II
Pinhal de Marrocos, Coimbra
INSCRIÇÕES

 

DISTRIBUIÇÃO 
8 horas
25 de Abril
9:00 — 18:00
60€ estudantes / 80€ público geral
10% desconto para associados e membros UAb
Lotação máxima de 20 formandos

A formadora é a produtora cinematográfica Maria João Mayer, com mais de uma década de experiência. Já trabalhou com alguns dos cineastas mais reconhecidos em Portugal como Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, Margarida Cardoso, entre outros. Das obras mais recentes destacam-se Montanha (2015) e Rafa (2012), de João Salaviza, Yvone Kane (2014), de Margarida Cardoso, e Um Dia Frio (2009), de Cláudia Varejão. Em 2015 foi uma de cinco mulheres distinguidas nos Prémios Mulheres Criadores de Cultura promovido pelo Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais do Ministério da Cultura. No workshop os formandos deverão adquirir competências sobre os processos de promoção de uma obra cinematográfica, bem como a participação em festivais de cinema e a respectiva distribuição comercial.

Departamento de Engenharia Informática, Pólo II
Pinhal de Marrocos, Coimbra
INSCRIÇÕES 

PÓS-PRODUÇÃO DE SOM
16 horas
28 a 29 de abril
9:00 — 18:00
80€ estudantes / 120€ público geral
10% desconto para associados e membros UAb
Lotação máxima de 20 formandos

Miguel Martins, sound designer e recording mixer, é o formador deste módulo. Trabalhou nos últimos 17 anos em mais de 80 filmes, entre curtas e longas metragens, e inclusive como director musical, fez design de som para rádio, publicidade, animação e cinema. Os seus últimos trabalhos estão em filmes como El Dorado XXI (2016) de Salomé Lamas e Rio Corgo (2015) de Sérgio Costa e Maya Kosa, presentes na Berlinale. Em 2015 trabalhou com Miguel Gomes na trilogia As Mil e Uma Noites (2015) e foi distinguido pela European Film Association com o prémio Best Sound Design 2015. Trabalha com realizadores como Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, Raoul Ruiz, João Nicolau,João Vladimiro e divide-se entre Lisboa, Genebra e Paris. Para este workshop o objectivo é que os formandos compreendam os processos de dobragem, mistura e conclusão do processo sonoro de um filme, e como este é preparado para entrar em distribuição. Mais detalhes aqui. É preciso ter um computador com software de edição de audio (ProTools), auscultadores e um disco duro com os brutos de audio e print do filme produzido.

Departamento de Engenharia Informática, Pólo II
Pinhal de Marrocos, Coimbra
INSCRIÇÕES

 

Para ir acompanhando as novidades do Caminhos do Cinema Português é ir seguindo o Caminhos no Facebook.

 

 

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.