COOLTURA

Primeiros! Novo disco e espectáculo dos Dead Combo estreiam em Coimbra

Odeon Hotel foi gravado em Lisboa, nos Estúdios Namouche, entre Outubro de 2016 e Setembro de 2017. Com produção de Alain Johannes (Queen Of Stone Age, PJ Harvey, Chris Cornell, etc.), o novo disco é a síntese perfeita da portugalidade e universalidade existentes na música da banda.
.
Pela primeira vez na história dos Dead Combo, o disco vai ser distribuído em todo o mundo com o selo de uma das maiores editoras internacionais. A digressão arranca, então, em Coimbra e estende-se até 2019. Para já, seguem-se Oeiras, Évora, Leiria, Portalegre, Silves, Seixal, Vila Real de Santo António, Anadia, Setúbal, Leiria, Porto, Vila Real e Santa Maria da Feira.
.
Os Dead Combo nasceram de um tributo a Carlos Paredes e desde o primeiro disco, Vol. I, lançado em 2004, o som extremamente visual e cinematográfico da dupla mistura fado, jazz e as composições spaghetti western de Ennio Morricone. Em 2006, saiu Vol. II – Quando a alma não é pequena e fundaram a editora Dead & Company em parceria com a Universal Records Portugal.
 .

12 de Abril | Dead Combo | Convento de São Francisco| 21h30 | M/6| Duração: 75′ |Preço: 10€ – 13€ – 15€ + descontos estudantes, menores de 30 anos, maiores de 65 anos e grupos a partir de 10 pessoas, alunos de música, primeira fila de visibilidade reduzida Mais informações: 239 857 191 – bilheteira@coimbraconvento.pt

 

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.