COMES & BEBES MIÚDOS PASSEIOS

Já foram ao café dos gatos de Coimbra? Faz anos.

Se gostam de animais e ainda não foram, é porque andaram desatentos ou não exploraram a Baixa nos últimos tempos. Na Rua João Cabreira, há três vitrines cheias de gatinhos lá dentro, e agora até têm um coelho. 

29 de Março é dia de festa na Pet & Tea. O primeiro cat café da cidade faz um ano. A partir das 14h30 vai haver bolo de aniversário, intervenções de associações de protecção de animais locais e uma palestra do Dr. Paulo Sepúlveda, procurador, que vai explicar o conceito de animal de companhia, crime de maus tratos a animais e causas de justificação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Pet & Tea é um projecto de duas amigas, Mariana Pereira e Marcia Cardoso, que, em época de crise, resolveram criar o próprio emprego e quiseram apontar para as estrelas. Mariana, gerente do espaço, explica: Ambas gostamos de animais e já fazíamos voluntariado em associações; eu sempre quis ter uma pastelaria, mas uma pastelaria diferente. 

O resultado foi adaptar um conceito que já faz bastante sucesso em alguns países, o cat café, um café temático cuja atracção são gatos com quem as pessoas podem brincar.  Fizeram então de um lado a pastelaria, caiada de branco e violeta, e com um menu bem recheado não apenas de doces mas também de hambúrgueres, sumos naturais e chás – aqui entra-se e está-se numa pastelaria, nem sequer há gatos à vista, frisa Mariana. Mais para dentro, separadas por vidros, estão as outras duas áreas: uma sala de leitura e um autêntico playground de felinos. Os brinquedos também foram confeccionados e construídos por Mariana e Marcia.

Adultos pagam 5€ e crianças 3,5€, com oferta de uma bebida e todo o tempo que quiserem para ver e/ou interagir com os bichanos. Pelo menos, enquanto a sala não estiver com a lotação máxima de 10 pessoas esgotada.

Neste momento há 4 bichanos residentes, “emprestados” de associações locais, e um coelho. Costumam ter gatos bebés mas são rapidamente adoptados. Todos os dias tenho pessoas a pedirem-me gatos e eu agora não tenho, confessa Mariana Pereira.

As receitas servem para pagar as despesas dos animais e o restante vai para o Canil Municipal, a Sourepatas, a Agir pelos Animais e a 2mãos4patas. Também são aceites doações, em dinheiro ou géneros, que são reencaminhadas para as associações.

Curiosamente a esmagadora maioria dos clientes da Pet & Tea são adultos e turistas.

“Se uma pessoa vai ao cinema porque não é a mesma coisa do que ver o filme em casa, eu digo que as pessoas vêm à Pet & Tea porque não é a mesma coisa do que ter um gato em casa, é uma experiência diferente. Estão ali com animais novos, que são muito sociáveis, e têm o espaço todo preparado para as brincadeiras e para relaxar.”

Durante o ano o espaço albergou vários eventos paralelos ao negócio, desde um concerto solidário de Né Ladeiras ao lançamento de uma aplicação para encontrar os animais de estimação, a Pet Finder; e um jantar do PAN, partido Pessoas-Animais-Natureza.

Agora, com obras de reabilitação urbana mesmo ao lado do negócio, a esperança da gerente do Pet & Tea, Mariana Pereira, é que a recuperação da Baixa continue sim mas passe também por por exemplo apostarem mais no comércio e serviços que já existem na zona, em vez de construírem novos, e certos pontos débeis sejam corrigidos como o facto de estar tudo encerrado ao domingo ao contrário das Baixas de outras cidades.

A festa de aniversário da Pet & Tea começa quinta-feira, véspera de fim-de-semana de Páscoa, às 14h30.

Pet & Tea  | Rua João Cabreira  | Coimbra
Aberto das 9h às 20h
Tlf: 239 152 679

 

Comenta este artigo

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.